Visitar Roma, a cidade com vontade própria (Parte 1)

por 2serependiters
4 Comentários

Poucas cidades europeias têm a sua marca na história como Roma. Escolhemos visitar Roma sobretudo com o intuito de visitar e ficar a conhecer melhor o património arqueológico do Império Romano e também vivenciar aquele que é o modo de vida italiano, com bons momentos em esplanadas,  calcorrear a cidade em scooter e provar os principais pratos daquela que é uma das mais famosas palettes gastronómicas do Mundo.

Assim que aterrámos no Aeroporto de Roma Fiumicino começou uma das nossas melhores experiências em capitais Europeias. Rapidamente somos rodeados por edifícios de estilo mediterrânico, uns em tijoleira, outros com grandes varandas e percorremos longas avenidas até que entramos na zona histórica da cidade recheada de atracções turísticas, monumentos incríveis e recantos que nos geram curiosidade.

Quando reparamos, somos parte desta cidade cheia de vida e com um dinamismo contagiante.

Como ir do Aeroporto para o centro?

O aeroporto de Roma Fiumicino fica situado a aproximadamente 30 Km do centro da cidade. Para chegar rapidamente ao centro existem várias opções, mas optámos por apanhar o autocarro TerraVision. A viagem é muito confortável e demora cerca de 55 minutos, terminando na estação central de Roma. O bilhete custa 5,80€ e pode ser adquirido online aqui.

Onde ficar?

Para visitar Roma é importante ficar alojado na zona mais antiga da cidade, não porque o sistema de transportes seja insuficiente, mas sim para tirar total partido de tudo o que a cidade nos pode oferecer. Assim, optámos pelo hostel Alessandro Downtown, um hostel simples mas muito confortável e extremamente bem localizado, a menos de 5 minutos a pé da estação central de Roma e a pouco mais de 10 minutos do fórum Romano. A relação qualidade-preço é excelente, e e cada noite ficou por apenas 20€.

O nosso Roteiro

Fórum Romano

O império Romano é possivelmente o que melhor conhecemos e aquele que mais marcou a história europeia e portuguesa. No auge do seu poder, o império estendia-se da actual Inglaterra até à península arábica, dominando grande parte da Europa e praticamente toda a zona do mediterrâneo. Roma foi efectivamente a maior cidade do Mundo de 400 A.C. até 100 D.C.

Hoje em dia, existem vários locais no Mundo onde é possível visitar obras feitas pelos romanos, mas nenhum local no Mundo consegue reunir tanta história como o Fórum Romano. Bem no centro da cidade, foi relativamente fácil chegar ao fórum e fizemos todo o percurso a pé desde o nosso Hostel. Era de manhã cedo e isso permitiu-nos apreciar as ruas mais pausadamente por ainda estar pouca gente em circulação (Algo raro ao visitar Roma).

Para evitar filas tínhamos feito a reserva prévia online aqui. O bilhete online custou 14€, mais 2€ que o bilhete presencial, mas rapidamente percebemos que tinha valido totalmente a pena porque nos escapámos a uma fila extensa que já preenchia a zona de entrada do Fórum. Estávamos agora entre o monte palatino e o monte capitulino, naquele que outrora era o centro da vida pública romana.

A visita vale totalmente a pena e não se deixem desapontar pela ideia imediata de que são apenas ruínas. Na realidade, muito do edificado do fórum permanece intacto e bem cuidado, sendo até possível observar datas e texto gravados em muitas zonas do fórum. Todos os templos e locais de destaque no fórum estão devidamente sinalizados e acompanhados de uma imagem reconstituída e a a história associada àquele local.

Sentimos realmente que valeu a pena passar por aqui e que não haveria melhor forma de explorar o património romano sem ver com os nossos olhos as magníficas ruínas e edifícios do fórum. É um ponto obrigatório ao visitar Roma.

Coliseu de Roma

A poucos metros do fórum romano está aquele que é o símbolo mais famoso de Roma e do império Romano. Como fãs do filme Gladiador, ansiávamos a visita ao Coliseu e o primeiro impacto quando nos acercámos deste imponente monumento foi simplesmente inesquecível. Por muito que tivéssemos imaginado como seria estar ali é impossível não ficar impressionado com o tamanho do coliseu, o bom estado de conservação da fachada exterior do mesmo e com os realces históricos visíveis do exterior.

Para entrar podem usar o bilhete do fórum sem qualquer custo adicional! A fila para entrar no coliseu é geralmente muito extensa e até mesmo no espaço interior se torna difícil circular e apreciar tudo com atenção devido ao excesso de turistas.

Durante o auge do império Romano o Coliseu era o palco de lutas de gladiadores e de espectáculos de circo, chegando a albergar mais de 70 mil pessoas. Hoje em dia, uma secção significativa do coliseu ruiu e a secção visitável no interior, apesar de manter a edificação original, encontra-se também um pouco desgastada, contrastando com o cuidado incrível da fachada exterior.

Este é um local obrigatório em qualquer roteiro para visitar Roma e um local especial para quem se interessa por história como nós.

Monumento a Vittorio Emanuele II e Plaza Venezia

Itália nem sempre foi um único país. De facto, só em 1861 é que os estados Papais e o Reino de Duas Sicílias se juntaram, formando aquilo que hoje conhecemos como Itália. Vitor Emanuel II foi o primeiro rei desta Itália Unificada e em 1935 foi inaugurado um monumento em sua honra.

Muitas vezes referido como um monumento em honra da pátria Itália, tudo neste local é grandioso. Num estilo neo-clássico destacamos as as esculturas que preenchem toda a base do monumento, com um grau de detalhe incrível e representando a sociedade, a justiça e a ordem. De facto trata-se de um monumento muito bonito e garantirá certamente muitas fotos espectaculares a qualquer visitante.

No interior do monumento há um museu que não visitámos. Ainda assim, a subida ao nível mais alto do monumento garante uma vista fantástica para a Plaza Venezzia, geralmente cheia de vida e rodeada de edifícios fantásticos. Aconselhamos a que percam algum tempo a explorar a zona superior do monumentos e o terraço limitado pelas colunas imponentes.

Na segunda parte do nosso roteiro vamos até ao Vaticano e passamos por outros locais famosos em Roma. Esta cidade tem tanto para oferecer a quem a visita que poderíamos escrever milhares e milhares de palavras e mesmo assim esquecer um monumento ou local espectacular. Visitar Roma é incrível e podem seguir o resto da viagem na parte 2 e 3.

Sugerimos

4 Comentários

O Mundo da Pequenina Novembro 19, 2018 - 9:51 am

Adorei

Responder
Rita C Novembro 19, 2018 - 2:28 pm

Uma viagem que quero muito fazer!
Sigo o blog, beijinhos e voas viagens 🙂
https://the-choice-26.blogspot.com/

Responder
Cristina Novembro 21, 2018 - 4:29 pm

É muita emoção numa só cidade. Tudo tão belo. Beijinhos

Responder
Sara Fevereiro 20, 2019 - 9:22 pm

Olá,
Estamos a pensar ir visitar Roma este verão!
A viagem que fizeram foi de quantos dias?
Coliseu, quanto foi a entrada?compraram online directamente no site do coliseu?
Monumento a Vittorio Emanuele II, a subida ao nível mais alto do monumento faz-se de forma gratuita ou também tem algum custo?
Desde já obrigada!

Responder

Deixe um comentário